sábado, novembro 23, 2019

A Pintora Sophie Gengembre Anderson




A pintora Sophie Gengembre Anderson nasceu em Paris em 1823, tendo-se especializado em pintura de crianças e mulheres, geralmente em ambientes rurais. 




Era filha de Charles Antoine Colomb Gengembre, um arquiteto Francês e de uma senhora de Inglesa.




Embora fosse autodidata na sua arte, estudou retrato, durante um breve período, com Charles de Steuben em Paris, em 1843. 




Com a eclosão da revolução de 1848, Sophie, juntamente com toda a sua família deixou a França e foi para os Estados Unidos em 1849. 




Estabeleceram-se primeiro em Cincinnati, Ohio, mas mais tarde mudaram-se para Manchester, na Pensilvânia. 




Em 1949 realiza a sua primeira exposição na Western Art Union Gallery.




Os seus primeiros trabalhos concentravam-se principalmente em retratos e figuras, sendo uma ilustradora muito hábil. 




Na década de 1850 casou-se com o artista britânico Walter Anderson e em 1854 muda-se para Londres, onde exibiu as suas obras na Royal Academy. 




Regressa para a Pensilvânia em 1859 e nesse ano Sophie apresenta o seu trabalho na Pittsburgh Artists Association. 




Realiza nova exposição em 1860 na National Academy of Design. 




Em 1871, por razões de saúde, a pintora e o marido mudam-se para a ilha de Capri, mas Sophie continuou a enviar o seu trabalho para exposições em Londres. 




Retornam definitivamente para a Inglaterra em 1894, estabelecendo-se em Falmouth, na Cornualha.




 As suas pinturas tinham uma grande qualidade fotográfica devido à atenção que ela dava aos detalhes.




O seu trabalho foi amplamente exposto por várias galerias quer na Inglaterra, quer nos EUA. 




Sophie morreu na sua casa, em Falmouth, na Cornualha, em 1903, tendo o seu marido Walter morrido também nesse mesmo ano.

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.thefamouspeople.com/; outros net.




"Um retrato pintado com a alma é um retrato, não do modelo mas do artista." (Oscar Wilde)


segunda-feira, novembro 18, 2019

Debaixo do CHAPÉU - PINTURAS




Para a chuva ou para o sol ele serve sempre de abrigo...



Pintor: Charles Bertrand D'Entraygues

Pintor: Charles Bertrand D'Entraygues

Pintor: Donald Zolan

Pintor: Henry Mosler

Pintor: Antonio Paoletti

Pintor: George Hillyard Swinstead

Pintor: Antonio Paoletti

Pintor: Arthur John Elsley

Pintor: Donald Zolan

Pintor: Marthe-Marie-Louise-Boyer-Breton

Pintor: Samuel Anker

Pintor: Joseph Clark

Que bom partilhar um abrigo com os amigos!

domingo, novembro 03, 2019

O Pintor Theodore Gerard




O pintor Theodore Gerard, nasceu em Ghent na Bélgica em 1829.





Nascido numa família de artistas, estudou na Academia da sua cidade com Theodore Canneel e Vanderplaetsen, deslocando-se mais tarde para Bruxelas.





Viajou muito por toda a Alemanha, Suiça e Império Austro-Húngaro.






Foi um artista extremamente bem sucedido tendo exibido as suas obras em Bruxelas, Inglaterra, França e Áustria.







Recebeu várias medalhas nomeadamente em Londres (1871), Viena (1873), Philadepphia (1870) e Bruxelas (1875). Theodore Gerard tornou-se professor na Academia de Belas Artes de Bruxelas e morreu na Bélgica em 1895.



“A pintura nunca é prosa. É poesia que se escreve com versos de rima plástica.” ( Pablo Picasso)



Topo