sexta-feira, outubro 26, 2018

O PINTOR Christian Riese Lassen




O artista Christian Riese Lassen encontrou a sua influência original e inspiração, na extraordinária beleza do oceano.






É um artista autodidata e um ávido surfista. Traduz o seu  conhecimento intimo do oceano em obras de arte encantadoras.






Em 1998, Ano Internacional do Oceano ele foi seleccionado pela ONU como Embaixadora da Boa Vontade. Criou a pintura "Sanctuary" para o selo comemorativo das Nações Unidas para "Ocean Preservation". Lassen também fez uma parceria com a Walt Disney Company incorporando em 3 das suas obras, personagens da Disney, incluindo o Mickey Mouse.




Christian Lassen é um ambientalista preocupado, tendo fundado em 1990 a Sea Vision Foundation. A fundação tem por missão proteger e preservar os oceanos, a vida marinha e ecossistemas e aumentar a sensibilização para a preservação dos ambientes do mundo. Criado no Havaí, na ilha de Maui, Lassen é incrivelmente apaixonado em proteger a magnificência do mar e a sua infinita diversidade.




"Eu acredito que posso fazer a diferença através da minha arte. No meu trabalho, procuro atuar como um mensageiro, alertando as pessoas em todo o mundo para a deterioração do ambiente global e para a necessidade de uma maior compreensão e respeito pelas diversas culturas do mundo. " (Christian Lassen).





Christian Riese Lassen é reconhecido internacionalmente. Inspiradas na ilha de Maui, as suas pinturas são plenas de cor, luz e contrastes criando imagens de grande intensidade e beleza.

Para apreciar melhor e saber mais sobre este extraordinário artista poderá visitar o seu site oficial : http://www.lassenart.com/





"A arte, um dos grandes valores da vida, deve ensinar aos homens: humildade, tolerância, sabedoria e magnanimidade." ( William Maugham ) 

quinta-feira, outubro 25, 2018

LUAR - Pinturas




Divagando ao LUAR



Pintor: Kirk Reinert

Pintor: Anthony Casay

Pintor: Steve Sundram

Pintor: Robert Gonsalves

Pintor: Jean Paul Avisse

Pintor: Abraham Hunter

Pintor: Abraham Hunter

Pintor: Mark Keathley

Pintor: Christian Riese Lassen


"O Luar é a luz do sol que está sonhando." Mário Quintana

quarta-feira, outubro 24, 2018

PINTURAS de Emerico Imre Toth - em Vermelho





Divagando em vermelho com as belíssimas pinturas de Emerico Imre Toth, pintor húngaro. Infelizmente não consegui encontrar a sua biografia, pelo que ficam apenas algumas das suas lindas obras.




 


"A pintura exprime a música em cores." (Luiz Hildevrando Pereira da Silva)






"Pintar é libertar-se, e isso é o essencial." (Pablo Picasso)







Pintor: Emerico Imre Toth

O pintor Arthur John Elsley




O artista Arthur John Elsley nasceu em Londres, a 20 de novembro de 1860.




Ficou famoso pelas suas cenas de gênero idílicas de crianças brincalhonas e dos seus animais de estimação. Alcançou grande popularidade durante a sua vida e muito do seu trabalho apareceu em calendários, revistas e livros.





O seu interesse e gosto por arte manifestou-se ainda muito jovem, com apenas onze anos já desenhava animais domésticos e animais que via no Jardim Zoológico de Londres em Regents Park. 





Aos quatorze anos, ingressou na Escola Kensington South of Art (mais tarde o Royal College of Art). Por essa altura contraiu sarampo doença que lhe viria a danificar permanentemente a visão. 





Um grande número das suas pinturas foram inspiradas por desenhos feitos em passeios de bicicleta que dava frequentemente pelo campo. Em 1878, exibiu o seu primeiro quadro, intitulado "Um retrato de um pônei velho" na Royal Academy. Permaneceu na Academy Schools até 1882 e, em seguida, começou a aceitar encomendas para fazer retratos de crianças e cães, com ênfase em cavalos.






Elsley era amigo dos pintores ingleses Solomon Joseph Solomon e George Grenville Manton, compartilhando um estúdio com o último em 1876. Através de Manton que Elsley conheceu Frederick Morgan, um pintor popular de crianças. Em 1889 Elsley mudou-se para o estúdio de Morgan.




Foi premiado com uma medalha de prata na exposição Crystal Palace de 1891 para a sua pintura "A Filha do conselheiro municipal de Islington". Em 1892 a sua pintura "I'se Maior" foi publicada, e mais tarde teve que ser re-gravada para satisfazer a procura pública. A pintura era de uma rapariga comparando a sua altura com a de um grande cão São Bernardo. 





Casou em 11 de novembro de 1893 com Emily "Emm" Fusedale tendo tido um filho, Marjorie, que nasceu em 1903, que posou muitas vezes para as suas pinturas posteriores. Após o seu casamento Elsley montou o seu próprio estúdio.





A Primeira Guerra Mundial reduziu severamente a produção de pinturas de Elsley - ele produziu apenas 4 pinturas de 1915 a 1917, uma das quais, um retrato da sua filha Marjorie, que foi exibido na Royal Academy. Trabalhou numa fábrica de munições, o que prejudicou ainda mais a sua já fraca visão. Até o início dos anos 1930 ele era capaz apenas de realizar carpintaria e jardinagem. 





Arthur John Elsley morreu em casa em Tunbridge Wells em 19 de fevereiro de 1952.




"Se apenas houvesse uma única verdade, não poderiam pintar-se cem telas sobre o mesmo tema." ( Pablo Picasso )

Topo