quarta-feira, março 25, 2020

O Pintor Terry Redlin




O pintor americano Terry Avon Redlin é um artista americano, com um imenso amor pela natureza, conhecido por pintar a vida selvagem, cenas campestres e belissimas paisagens ao entardecer.




Nasceu em 1937, e foi criado na pequena cidade de Watertown no Dakota do Sul. Segundo ele o seu professor favorito foi a natureza.





Formou-se em St. Paul School of Associated Arts em St. Paul, Minnesota. Trabalhou durante 25 anos em arte comercial, como designer gráfico, ilustrador e diretor de arte.






Em 1956, com apenas 19 anos casou-se com Marie Helene Langenfeld também ela da sua idade, da sua união nasceram três filhos.





Vendeu as suas duas primeiras obras em 1977 e foi nessa década que deixou o seu trabalho como artista comercial para passar a dedicar-se completamente à pintura.





Foi aperfeiçoando o seu próprio estilo pessoal, incluindo o uso espetacular da luz e a incrível capacidade de captar a vida e o mundo ao seu redor, nas suas formas mais simples e mais bonitas.





Ao longo da sua excepcional carreira Terry Redlin recebeu diversos prémios e reconhecimentos, inclusivé foi nomeado durante oito anos consecutivos de 1991 a 1998 como o Artista mais popular da América através inquéritos anuais realizados pela U.S. Art magazine.





Hoje, o legado de Terry Redlin, continua a viver no Centro de Arte Redlin na sua cidade de Watertown, South Dakota. Desenhado pelo seu filho, Charles Redlin, o incrível centro abriga mais de 150 originais de Terry Redlin, bem como um museu dedicado à vida de um dos artistas mais célebres da América. 




Para saber mais sobre a obra deste incrivel artista visite o site oficial: Terry Redlin

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.deshow.net/; http://www.redlinart.com/; http://www.prints.com/art.php/Terry_Redlin/; outros 




“A pintura deve ser uma poesia muda e a poesia uma pintura que fale.” Plutarco


segunda-feira, março 16, 2020

Arte de Rua - Lisboa


 
São muitos os Murais espalhados pela cidade, estes encontrei-os na Rua Conselheiro Fernando Sousa nas Amoreiras, em Lisboa.






"Não existe meio mais seguro para fugir do mundo do que a arte, e não há forma mais segura de se unir a ele do que a arte." Johann Goethe

domingo, março 15, 2020

Os incríveis livros do Pintor Jonathan Wolstenholme




Quando os livros ganham vida e se tornam eles próprios as personagens das suas histórias, entramos num mundo surreal e incrível. 





Jonathan Wolstenholme nasceu em 1950 e é um pintor e ilustrador britânico, particularmente conhecido pelos seus “Livros”.






Livros sobre livros, uma série de ilustrações em que o mundo livro é descrito por ... livros.





Este artista é fascinado pelo mundo dos livros antigos e artigos de uma época já passada.






Trabalha em aguarela com detalhes requintados de tal forma que é possível ler todas as palavras nos livros que pintou. 




Jonathan frequentou a Purley Grammar School, e formou-se no Croydon Art College (1969-1972).





Tem trabalhado como ilustrador freelancer para uma série de grandes agências de publicidade, editoras bem como para uma vasta gama de revistas.





Já participou em várias exposições.






Simplesmente maravilhoso, a magia dos livros e da arte num belíssimo trabalho surrealista, que nos leva em plena divagação. 






Fontes e Fotos: wikipedia, www.portalpainters.co.uk/; www.tumblr.com; vários net.




"A coisa mais bela que podemos experimentar é o mistério. Essa é a fonte de toda a arte e ciências verdadeiras." (Albert Einstein) 
 

sábado, março 07, 2020

A delicada e bela arte da Pintora Lucie Bilodeau




A pintora Lucie Bilodeau nasceu em Montreal, Canadá, em maio de 1967, vivendo atualmente com o marido nos Estados Unidos, em Massachusetts.






Começou a interessar-se pela pintura desde os sete anos de idade. Aos 14 anos de idade os seus pais pagaram para ela ter aulas na Mission: Renaissance School em Montreal, Canadá. Realizou vários cursos que ajudaram a desenvolver as suas habilidades de arte tradicional, incluindo um estudo aprofundado dos mestres: Rembrandt, Monet, Manet, Cézanne, Fantin Latour entre outros.






Aos 23 anos, ganhou 8 prémios nacionais e 2 prémios internacionais, no International Art Guild Competition, na Flórida. Os seus trabalhos estiveram expostos no Museu Histórico e de Arte de Key West, para a exposição "Women in Art", em 2000-2001. 




Em setembro de 2002, a artista fez a sua primeira viagem à África para estudar a vida selvagem da África em seu habitat natural. Visitou o Parque Nacional Tarangire, a Área de Conservação e Cratera de Ngorongoro, o Parque Nacional Serengeti, o Parque Nacional do Lago Manyara e o Parque Nacional Arusha. A viagem rendeu imagens impressionantes de leões, elefantes, girafas, zebras, chitas e muito mais.






Muitas das suas obras encontram-se em corporações e coleções particulares em todo o mundo, incluindo Inglaterra, França, Rússia, Alemanha, Japão, Austrália, Estados Unidos e Canadá. 






"Eu realmente espero que, de alguma forma, a minha arte contribua para o mundo que eu imagino. Eu defendo um mundo sem guerras. Um mundo onde pessoas honestas podem prosperar e florescer. Onde nos importamos, amamos e respeitamos uns aos outros, assim como as outras formas de vida neste planeta."
                            "Quero que vivamos em harmonia com a natureza."





Para conhecer melhor o trabalho desta brilhante artista poderá visitar o seu site pessoal: "Lucie Bilodeau"


Topo