terça-feira, setembro 01, 2015

A ARTE em Pedra - Jardim Italiano dos Monstros


Foto: Francesco Pesucci_Bomarzo


O fascinante e incrível ...

Parque dos Monstros (Garden of Monsters)



Foto: bomarzo.net


O Parque dos Monstros (Garden of Monsters), também designado Jardim de Bomarzo, é um complexo monumental renascentista localizado em Bomarzo, na província de Viterbo, no norte do Lazio, da Itália.


Foto:bomarzo.net


Foto: panoramio_Elios Amati

Foto: totravelin.com


Foi construído durante o século 16 pelo italiano Pier Francesco Orsini (1528-1588) como um memorial para a sua amada esposa Guilia Farnese, tendo sido nessa altura designado como o "Bosque Sagrado". O parque está baseado na expressão de tristeza de Orsini pela morte da sua esposa.


Foto: panoramio_dancos

Foto: www.gotweird.com


O jardim permaneceu no esquecimento até 1954, quando foi comprado pelo Sr. Giovanni Bettini, que em 1970 faz uma restauração do parque decidido a trazer de volta o antigo esplendor das esculturas. O nome do jardim passou desde aí a ser Parque dos Monstros, nome derivado das grandes e bizarras esculturas, algumas esculpidas na rocha, que povoam a paisagem.

Foto: Amor_Fati_Stock


Uma visita ao parque vai se desdobrar numa série de estágios que variam entre mitologia e fantasia. É composto por um parque arborizado, localizado no fundo de um vale, onde o castelo de Orsini foi erguido, e está povoado por esculturas e pequenos edifícios divididos entre a vegetação natural.


Foto: totravelin.com

Foto:urdustar.com

Foto: panoramio_genox51


As muitas estátuas monstruosas parecem ser alheias a qualquer plano racional e parece terem sido espalhadas quase aleatoriamente sobre a área.


Foto: totravelin.com

Foto: urdustar.com


É um jardim belo e um dos mais inusitados do mundo.


Foto: totravelin.com

Foto: totravelin.com


Para mais informações pode visitar o site: Bomarzo.net

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.bomarzo.net/; http://www.gotweird.com/2010/11/italys-garden-of-monsters/; http://totravelin.com/garden-bomarzo-park-monsters/; http://urdustar.com/; Panoramio; outros net

terça-feira, julho 14, 2015

Apreciando belas esculturas






Hoje vamos apenas divagar pela perfeição e encanto da arte, acompanhados por pensamentos do grande filósofo Platão.


"Tente mover o mundo - o primeiro passo será mover a si mesmo." Platão




"De todos os animais selvagens, o homem jovem é o mais difícil de domar." Platão




"A paz do coração é o paraíso dos homens." Platão




"O que faz andar o barco não é a vela enfunada, mas o vento que não se vê." Platão




"É possível descobrir mais sobre uma pessoa numa hora de brincadeira do que num ano de conversa." Platão




"O tempo é a imagem móvel da eternidade imóvel." Platão




"Os olhos do espírito só começam a ser penetrantes quando os do corpo principiam a enfraquecer." Platão

sexta-feira, maio 29, 2015

ARTE nas fachadas das Casas na Bavaria




A arte nas fachadas das Casas – Bavaria



Hoje vamos divagar até à cidade de Oberammergau na Bavaria (Alemanha) para apreciar as lindíssimas pinturas nas fachadas das casas.





No centro histórico da cidade são muitas as casas que estão decoradas com "Lüftlmalerei" ou frescos, com contos da Baviera ou temas religiosos.





As pinturas das casas tiveram a sua origem a partir do século XVIII e pretendeu-se embelezar as fachadas simples.





Um dos primeiros artistas locais foi Franz Seraph Zwinck (1748-1792) que vivia na casa chamada Lüftl Zum.




Este artista também projetou uma das igrejas paroquiais locais e pintou a casa Pilatus, que é utilizada atualmente como galeria de arte com demonstrações de escultura em madeira.





No século XX, os temas religiosos foram estendidas para os contos de fadas e algumas das casas são pintadas com cenas de Little Red Riding Hood e Hansel e Gretel, usando o mesmo estilo tradicional.





Fontes e Fotos: www.heatheronhertravels.com/; email recebido; outros net.

* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

segunda-feira, abril 13, 2015

Arte com garrafas de vidro em Wat Pa Maha Chedi Kaew



Foto: http://unlike.net/

O templo Wat Pa Maha Chedi Kaew na Tailândia, é um local especial, para além de ser um espaço de oração ele tem a particularidade de ser feito com garrafas de vidro, sendo assim também conhecido por “Wat Lan Kuad” que significa o “Templo dos Milhões de Garrafas”.



Foto: www.panoramio.com_Pizza 4 you

Este templo budista situa-se em Sisaket, a nordeste da Tailândia e começou a ser construído em 1984.


Foto: http://www.chilloutpoint.com

Mesmo não ingerindo álcool, os monges decidiram que podiam ajudar a comunidade local e o meio ambiente, reciclando garrafas de vidro usadas. 



Fotos: Net

Foram usadas mais de um milhão e meio de garrafas de cerveja recicladas.


Foto: http://www.labioguia.com

A cor verde é proveniente das garrafas de cerveja da marca Heineken, e as garrafas de cerveja tailandesa são a cor marrom. As paredes do templo são todas incrustadas de garrafas que são colocadas no cimento. As tampas das garrafas, são também utilizadas servindo para produzir os mosaicos com imagens de Buda que decoram as paredes do templo. Segundo os monges as garrafas não perdem a sua cor e oferecem uma iluminação perfeita.



Fotos: Net

Inicialmente as garrafas eram utilizadas apenas para decorar as habitações dos monges, com o passar do tempo, foram sendo utilizadas para a construção de outros edifícios.



Foto: www.taringa.net

O templo é dotado de uma estrutura completa toda feita de garrafas. Já foram feitos cerca de 20 edifícios, compreendendo o templo principal, um crematório, salas de oração, acomodações para os monges, lavabos para os turistas e vários pequenos edifícios. 


Foto: Net

A construção ainda não parou e os monges continuam a criar novos edificios aceitando e agradecendo a doação de garrafas.


Foto: www.taringa.net

Os monges de Sisaket lançaram uma ideia ecológica, preocupando-se com a reciclagem desencolveram uma arquitetura sustentável, um alerta e uma lição de sustentabilidade.



Fotos: Net

Um templo surpreendente pela imaginação e criatividade, pela beleza e dedicação, um espaço de meditação que para além de ser dirigido à oração, é dirigido a todos nós “falando”à nossa consciência da importância de proteger e preservar o meio ambiente em que vivemos.

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.viajandoblog.com/; www.telegraph.co.uk; panoramio; thaholiday.com; http://www.world-insights.com/; http://unlike.net/; http://www.labioguia.com; www.taringa.net; outros net.

* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar.

Foto: net

"A arte é a contemplação: é o prazer do espírito que penetra a natureza e descobre que ela também tem uma alma. É a missão mais sublime do homem, pois é o exercício do pensamento que busca compreender o universo, e fazer com que os outros o compreendam." (Auguste Rodin)

terça-feira, março 24, 2015

Escultura em Neve e Gelo





O Festival Internacional de Escultura em Neve e gelo realiza-se em Harbin desde 1963.


Foto: Net


Harbin no nordeste da China, é a capital da província de Heilongjiang e encontra-se sob a influência do vento frio de inverno da Sibéria.


Foto: Net

É conhecida e chamada a “Cidade do Gelo”, devido ao seu longo e frio inverno, em que as temperaturas podem descer até -30°C.


Foto: HARBIN PHOTO_ REUTERS Sheng Li


No inicio de cada ano (janeiro) Harbin, é a anfitriã duma festa de arte em Gelo e Neve, que atraí visitantes do país e turistas de outras partes do mundo.




A realização de esculturas de neve e gelo tem a sua origem já nos tempos de Manchu, mas a primeira exposição foi realizada pela primeira vez em 1963 e o festival anual começou em 1985.
Vêm equipas de todas as partes de mundo, desde Rússia, Japão, Estados Unidos, Canadá, França ou África do Sul.


Foto: Net

O principal motivo do evento é promover a arte, no caso do festival de neve, e mostrar a beleza da arquitetura no festival de gelo.

São construídas cidades de gelo, palácios de contos de fada, pagodes orientais, labirinto de gelo, bar de gelo, e até mesmo um hotel de gelo. …


Foto: Net

Luzes de neon coloridas brilham por todo o espaço do festival, e à entrada enormes blocos de gelo, formando estruturas de mais de 30 metros dão as boas vindas aos visitantes.


Foto: Trekearth_neilharris


Todo o gelo do parque é proveniente do rio SongHua Jiang, um afluente do rio Amoer na Rússia. São necessárias enormes serras para cortar o gelo, que pode ter metros de espessura.




Harbin Ice and Snow World oferece também uma vasta proposta de formas de lazer e diversão.


Foto: Net

Os visitantes fãs de desportos de neve, podem participar em atividades no gelo como fazer escalada em paredes feitas de gelo, patinagem, ski, golfe no gelo, atirar flechas de gelo, ou apenas descontrair deslizando no gelo.




Durante o festival, ao anoitecer há apresentações especiais, shows temáticos de música, acrobacias e danças sobre o gelo.


Foto: Net

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.travelchinaguide.com/; http://news.everychina.com/; http://michelechristine.wordpress.com/; http://www.watershed.com.br/; http://news.everychina.com; email's recebidos, outros net

* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar.

Poderá ver este post completo no meu blogue de viagens “Viajar é alargar os nossos Horizontes” em: Arte no Gelo e na Neve em Harbin



Topo