domingo, fevereiro 28, 2016

A Arte de trabalhar Metal


O trabalho da artista canadense, Cal Lane é simplesmente maravilhoso.


 
Cal Lane, usa a técnica de soldadura e ferramentas de corte de metal para criar delicados padrões rendados, como se fossem filigranas em superfícies de metal.



Os objectos escolhidos para o seu trabalho são de lixo industrial e doméstico, como velhos bidons de óleo, pás, tampas de esgotos, pedaços de maquinaria e de automóveis.



Ela trabalha objectos de grandes proporções, material reciclado ou totalmente desprovido de beleza estética , tornando peças “brutas” em verdadeiras peças de arte.


O que ela faz tem algum significado : Ela mesmo define seu trabalho !



" Eu gosto de trabalhar como advogado do diabo visual, utilizando contradição como um veículo para encontrar meu caminho para uma imagem de empatia, uma imagem de oposição que cria um equilíbrio - assim como um choque -, comparando e contrastando ideias e materiais, manifestado em uma série de "Industrial Doilies", reunindo industrial e doméstico vida, bem como as relações de forte e delicado, masculino e feminino, prático e frivolidade, ornamentos e função....”



“O aço que esmago e corto em finas rendas criam uma cortina de perturbação e tristeza, um conflito de atração para trabalhar fantasias”.



“Eu gosto de trabalhar como artista visual, utilizando a contradição como um veículo para encontrar meu caminho com imagens que criam um equilíbrio - assim como um choque - comparando e contrastando idéias e materiais”.



Esta artista utiliza as ferramentas de soldadura como um pincel para criar arte. A sua criatividade é impressionante.




"A arte consiste em fazer os outros sentir o que nós sentimos, em os libertar deles mesmos, propondo-lhes a nossa personalidade para especial libertação." (Fernando Pessoa)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Topo