sábado, agosto 19, 2017

O Pintor Julien Dupré




Julien Dupré nasceu em Paris a 18 de março 1851.




Filho de Jean Dupré (um joalheiro) e Bouillié Pauline, começou a sua vida adulta trabalhando numa loja de rendas na expectativa de entrar posteriormente nos negócios de jóias da sua família.




A guerra de 1870 e o cerco de Paris levaram ao encerramento da loja e Julien começou a tirar cursos noturnos na Escola de Artes Decorativas e foi através destas aulas que ele ganhou admissão à Escola de Belas Artes.




Em Belas Artes estudou com Isidore Pils (1813-1875) e Henri Lehmann (1.814-1.882).




Em meados da década de 1870 viajou para a Picardia e tornou-se aluno do pintor rural Désiré François Laugée (1823-1896), com cuja filha Marie Eléonore Françoise se casou em 1876, o ano, em que ele exibiu a sua primeira pintura no Salão de Paris.




Especializou-se em pintura realista, e tornou-se um dos melhores pintores de cenas campestres e de animais.





Dupré era muito exigente com a sua arte, observava com delicadeza e verdade a vida dos trabalhadores rurais que reproduzia com fidelidade nas suas telas.




Possuía um dom muito apurado para jogar com as cores, a luz e as sombras de molde a dar vida, força e movimento aos seus quadros.




Foram-lhe feitas várias homenagens e recebeu numerosos prémios e galadões, nomeadamente a Medalha de Ouro na Exposição Universal de Paris (1889) e a Legião de Honra (1892) atribuída pelo governo francês.




Ao longo de sua carreira Dupré defendeu a vida do camponês e continuou cenas de pintura nas áreas da Normandia e da Bretanha até sua morte em 16 de abril de 1910.

Fontes e Fotos: Wikipedia; www.rehs.com/; outros net.



“A pintura é poesia sem palavras.” Voltaire


Sem comentários:

Publicar um comentário

Topo