quarta-feira, maio 31, 2017

Jacques François Joseph Carabain




O Pintor Jacques François Joseph Carabain, ou Jacob Frans Jozef Carabain (23 de fevereiro de 1834, Amsterdão - 2 de janeiro de 1933, Schaerbeek) era um pintor holandês-belga, conhecido principalmente pelas suas cenas de cidades e edifícios no estilo romântico-realista. 





Estava especialmente interessado em estruturas medievais e barrocas, e era frequentemente atraído por mercados movimentados. Começou os seus estudos na Amsterdam Kunstakademie, onde inicialmente se dedicou a apintar paisagens e marinhas, bem como paisagens urbanas. Teve como professores Jacobus Schoemaker Doyer e Valentijn Bing (1812-1895).




A sua primeira grande exibição foi na Exposição de Mestres Vivos em 1852. Viveu em Amsterdão até 1856, viajando depois pela Europa, morou em Bruxelas por um curto período antes de se estabelecer em Schaerbeek. Foi lá que ele começou a se especializar em paisagens urbanas tendo sido influenciado por François-Antoine Bossuet.  Expôs na Terceira (1873) e Quarta (1874) Exposições Internacionais em Londres. Em 1880, tornou-se cidadão belga. Em 1885, viajou para a Nova Zelândia e Austrália, onde expôs na Academia Vitoriana de Artes. Depois de morar em Melbourne por um tempo, voltou para casa em 1889. 





De 1894-1897, pintou uma série de 59 aguarelas representando as antigas áreas de Bruxelas. Este foi o resultado de uma comissão do prefeito Charles Buls, que estava preocupado com os grandiosos planos de redesenvolvimento executados pelo rei Leopoldo II. 




Em 2011, realizou-se uma grande exposição sobre estas obras no Museu da Cidade de Bruxelas. Realizou a sua última exposição em 1907 e parece ter parado de pintar.





Morreu um mês antes de seu 99º aniversário. Dois dos seus filhos tornaram-se artistas; Victor (1863-1942), que também fez paisagens urbanas, e Emile, um pintor de natureza morta sobre quem pouco se conhece.




Texto explicativo: Wikipedia


Sem comentários:

Publicar um comentário

Topo